3 de julho de 2012

Além da Vida - Capítulo:2

Continuação do capítulo anterior...
Curinga – Verônica, nós vamos matar a Bel na igreja, antes que ela se case com Daniel.
Verônica – Eu não vejo a hora de ver aquela desgraçada indo para o inferno! Ela vai se arrepender por entrar no meu caminho.
Cena: 2. Construtora Brandão. Sala de Daniel. Dia.
Daniel esta lendo alguns relatórios. Fábio bate na porta e entra.
Fábio – Oi... To atrapalhando?
Daniel (levantando) – Mas é claro que não! Entre!
Fábio – Eu vim aqui te cumprimentar afinal, mas a noite o senhor será um homem casado.
Daniel – Obrigado Fábio. Olha eu posso dizer sem duvida que eu sou o homem mais feliz do mundo. Tenho um ótimo emprego... Ótimos amigos... E vou casar com a melhor mulher do mundo! O que mais eu posso querer?
Fábio – Mas você merece toda a felicidade do mundo meu amigo... Pode ter certeza disso. Os dois amigos continuam ali conversando.
Cena: 3. Mansão de Omar. Dia.
Verônica entra em casa. Vilma vem.
Vilma – Ué, Verônica... Você não vai trabalhar hoje não?
Verônica – Não. Hoje não.
Vilma (ingênua) – Mas o que aconteceu? Você adora trabalhar na Construtora...
Verônica (interrompendo a governanta) – Por favor, Vilma, sem fazer perguntas, ta? Fica caladinha! Calada você já esta errada. Imagine falando!
Vilma fica sem graça. Verônica sai dali. Rosa que tava vendo tudo de longe vem.
Rosa – Gente, que mulherzinha mais mau humorada! Meu Deus! Como ela consegue ser tão chata?!
Vilma – Rosa, se você pretende continuar trabalhando aqui na mansão vai ter que se acostumar com isso. A Verônica sempre foi assim. Eu acho que pelo fato dela ter crescido sem mãe e sem pai... Afinal ela perdeu a mãe no parto e o Dr Omar sempre trabalhou muito na Construtora, ela ficou meio rebelde. Pra você ter uma ideia eu que criei a Verônica.
Rosa – Sei não... Continuo achando a Verônica meio estranha. Eu não gosto dela não.
          Cena:4. Salão de Beleza. Dia.
Bel esta tendo o seu “Dia da Noiva”. Pra jovem tudo aquilo é mágico. Ela esta cercada pelos melhores profissionais de São Paulo. Uma equipe faz uma massagem de equilíbrio na jovem. Já uma outra equipe se prepara para fazer a decoração na unhas e o cabelo da nossa noiva. Bel estampa a sua alegria num belo sorriso.
Cena: 5. Salão de beleza. Sala de espera. Dia.
Marisa e Leila conversam sobre Bel.
Marisa – Sabe Leila, não é que eu não goste do Daniel... Muito pelo contrário, ele é um amor de pessoa. Mas acontece que a Bel é a minha única filha... Eu não queria que ela se casasse agora.
Leila – Eu sei como é. Você queria que a Bel ficasse o resto da vida ao seu lado, não é?
Marisa – È. Mas ninguém me entende. Todos acham que eu não quero ver a minha filha casada com Daniel. Mas isso não é verdade.
Leila – Eu sei Marisa. Eu te compreendo. No seu lugar eu também teria a mesma reação. Mas olha, você precisa se controlar. O Daniel é um cara muito bacana. Ele pode pensar que você não gosta dele. E outra, desde criança os dois são apaixonados um pelo outro. Agente sabia que mais cedo ou mais tarde isso iria acabar acontecendo.
Marisa – Eu sei. Mas eu não consigo mudar o meu pensamento. Vai ser muito doloroso pra mim, ver a Bel saindo da igreja casada com Daniel.
Cena: 6. Mansão de Omar. Quarto de Verônica. Dia.
Verônica esta inconformada. A vilã esta sentada na cama, com uma das mãos ela segura uma foto de Daniel e Bel e com a outra ela segura uma tesoura. Vários pensamentos tomam conta da mente diabólica de Verônica. A vilã se lembra de anos atrás quando Bel e Daniel estavam no sitio de Jonas em Jumirim, quando eles ainda eram crianças e juraram amor eterno.
Verônica (olhando para a foto) – Naquele mesmo dia que vocês juraram que ficariam juntos, eu prometi que você seria meu Daniel. (firme nas palavras) – E eu vou cumprir com a minha promessa!
Nessa hora sem saber de nada, Rosa vem com uma bandeja com chá. Como a porta esta meio aberta, a empregada vê a vilã segurando a foto de Bel e Daniel. Sem entender o que esta acontecendo, ela prefere ficar ali observando.
Verônica (olhando para a foto) – Vocês não vão se casar! Eu não vou deixar vocês ficarem juntos! Não vou...
Num ataque de fúria, Verônica começa a cortar a foto com a tesoura. A vilã esta toda desequilibrada. Ela corta a foto e dá gargalhadas. Em seguida ela levanta e começa a pisar em cima dos pedaços da foto. Quando olha para a porta, Verônica vê Rosa que não entende o que esta acontecendo.
Verônica (surpresa) – Rosa?!
A empregada fica ali parada, sem nenhuma reação.
A imagem congela. Continua...

Um comentário:

Camile Ramos disse...

Elvis sou muito sua fã, mas de "alma feminina" pra cá vc caiu muito ultimamente, o que está havendo? parece ser um descaso com a sua história.
obs: as letras estão muito azul, tá estranho branco misturado com azul. melhora pra gente ler melhor a sua historia e vc ve o que esta acontecendo, pq vc nao parece estar tao animado com essa nova novela.
bjusss sua fã n1.