6 de julho de 2012

Além da Vida - Capítulo: 5

Continuação do capítulo anterior...
Daniel (sem entender) – Vó por que a senhora quer que eu remarque o meu casamento? Já está tudo pronto! Os convidados, os padrinhos, a decoração da igreja... Já está tudo acertado. Daqui a pouco a Bel já esta chegando...
Regina (interrompendo Daniel) – Daniel você pode até achar que é loucura da minha cabeça, mas vai acontecer uma coisa muito grave aqui essa noite. (séria) – Você não pode se casar!
Daniel – Vó a senhora vai vim de novo com essa história de premonições? Já não basta a Marisa ser contra o meu casamento com a Bel? A senhora também vai fazer isso comigo?
Regina – Daniel, isso não é uma premonição. E eu não estou contra o seu casamento com a Bel. Eu recebi um aviso. Vai acontecer uma coisa muito ruim aqui essa noite. Se você não remarcar esse casamento, você vai sofrer o resto da vida.
Daniel (decidido) – Vó, eu não vou remarcar o meu casamento. Eu to muito triste vendo a senhora falar isso.
Regina – Meu filho entenda, a culpa não é minha! Nem sempre a vida é um mar de rosas. Infelizmente as vezes nós passamos por diversas situações que não queríamos. Mas é o destino! Daniel (interrompendo a Regina) – Para vó... Para!Por favor, eu não quero ouvir mais nada! Pra mim já deu.
Fábio – Daniel se acalme. Vamos fazer o seguinte, volte lá pro altar. Eu fico aqui com a dona Regina.
Daniel – È isso mesmo que eu vou fazer.
Daniel sai dali. Fábio e Regina ficam ali conversando.
Cena: 2. Igreja. Lado de fora. Noite.
Verônica chega de carro. A vilã mal desce do carro e Ellen que é seu puxa saco de plantão vem até ela.
Ellen – Até que enfim você chegou Verônica. Eu estava preocupada. Você não foi na Construtora hoje...
Verônica – È... Eu estava meio indisposta. Mas vamos entrar Ellen? Eu não quero ficar parada aqui fora não.
Ellen – Ué, Verônica! Eu pensei que você fosse ficar triste com o casamento. Afinal você ama o Daniel.
Verônica – Sim, eu amo o Daniel. (falando no ouvido de Ellen) – Mas eu acredito que em vinte minutos tudo pode acontecer.
Ellen – Não entendi. Verônica – Nem vai entender, querida. Agora não canse a minha beleza Ellen. Vamos entrar antes que eu fique sem lugar.
Ainda perdida na conversa Ellen entra pra igreja acompanhada de Verônica. Daniel atordoado sai pra fora da igreja, ele nem vê a vilã. Fábio vai até o amigo.
Fábio – Daniel, não fique com raiva da sua avó. Coitada, ela esta preocupada com você.
Daniel – Fábio, nada justifica ela fazer o que ela fez. Aliás, cadê ela?
Fábio – Ela ainda esta meio indisposta. Ela pediu pra ficar um pouco sozinha na sacristia.
O tempo passa...
Cena: 3. Igreja. Noite.
Esta tudo pronto para o casamento. Todos os convidados ficam em pé. Daniel já esta no altar esperado Bel. A jovem esta na porta da igreja ao lado de Jonas. Uma suave música começa a tocar. Acompanhada do pai Bel, começa a entrar na igreja. Ela esta linda. Todos ficam admirados com a beleza da jovem. Cercada de fotógrafos ela continua andando. Marisa começa a chorar de emoção. Jonas entrega Bel para Daniel que termina te levar a jovem para o altar. A música pára. Todos os convidados se sentam. A cerimônia começa. Depois de alguns minutos discretamente Verônica manda uma mensagem para o celular de Curinga.
Verônica (falando em pensamento) – Eu vou acabar com essa sua festinha sua sonsa!
Cena: 4. Igreja. Lado de fora. Noite.
Curinga esta com mais dois capangas dentro do carro. O bandido recebe a mensagem de Verônica no celular que está escrito: “È agora! Podem vim!”
Curinga (pegando a sua arma) – È agora galera! Vamos lá. A festa vai começar! Ou melhor, vai terminar... Curinga e seus comparsas saem do carro. Eles colocam uma touca ninja no rosto. E com as armas em punho, caminham até a entrada da igreja.
A imagem congela.
“E agora? Será que ninguém vai parar o Curinga? O que será que vai acontecer nesse casamento? Não perca amanhã, Além da Vida!”
Continua...

Um comentário:

Camile Ramos disse...

elvis em todos os capitulos exibidos vc termina com um suspense que nunca termina. essa veronica e curinga sempre arma pra matar a bel, mas nunca q mata, quando essa estória vai andar de verdade? sinceramente tá muito parada viu!
OBS: da um espacamento pq ta muito embolado.
OBS: sou uma leitora assiduas por webs, se posso e tenho direito de comentar quero respeito.
bay